Educação: Filmes

Análise e resumo de filmes com valores educativos. Há filmes que dão uma ajuda a adquirir virtudes, que transmitem ensinamentos surpreendentes, que apresentam modelos motivadores, sendo assim muito úteis na educação. Aqui apresentamos alguns deles, numa colaboração de Paulo Miguel Martins. Não queremos significar que tudo seja bom nestes filmes, mas que há aspetos muito úteis.


Filme Tudo por um sonho

O que é interessante é que, apesar do sucesso e dos resultados monetários, o decisivo foram as relações humanas, quer dentro do próprio grupo, quer com a produtora e o público. A conversa do agente, interpretado por Tom Hanks, com o líder da banda, sobre a personalidade de cada um dos seus elementos, deve ser analisada pela sua clareza e perspicácia. Quando tanto se fala de recursos humanos, de como motivar, ouvir e potenciar as capacidades das pessoas, este filme é um bom exemplo disso. Tanto pela positiva, como pela negativa, pois vê-se que, quando se tratou o conjunto musical como uma mercadoria a vender, o resultado final não poderia ser brilhante. O filme é divertido mas isso não o desvaloriza, pois sabe-se que muitas verdades são ditas a sorrir…

Ler o texto completo

Filme Tucker – o homem e o seu sonho

Francis Ford Coppola está ligado a filmes de grande sucesso, como é o caso de “O Padrinho” ou “Appocalipse Now”. Neste caso, o célebre realizador inspirou-se numa história real. O filme narra a história de um homem, Tucker, teve a audácia de pensar e executar um novo conceito de automóvel. Criou uma equipa, ergueu uma empresa. As cenas de recrutamento de pessoal são interessantes para analisar as motivações dos diferentes candidatos e a capacidade do empregador para os entusiasmar com um projecto que não passava disso mesmo…

Ler o texto completo

Filme Terra Sangrenta

Começamos por acompanhar a trajectória de um grupo de jornalistas que fazia a cobertura dos acontecimentos. De ferozes concorrentes uns dos outros, tornam-se companheiros unidos no mesmo esforço por realizarem as suas tarefas, bem conscientes de que só estando juntos conseguiriam sobreviver. E o seu papel era essencial para denunciarem o que se estava a passar. Um dia, recebem ordem de expulsão. Têm de se retirar, deixando para trás amigos e colegas jornalistas cambodjanos. A cena do abandono da embaixada americana é de antologia. A história segue então o percurso de um desses jornalistas locais fugindo do Cambodja e ao mesmo tempo, do seu colega americano que a partir dos EUA tentava desesperadamente restabelecer o contacto entre os dois para o ajudar a abandonar o país.

Ler o texto completo