Winslow Boy

Realizador: David Mamet

Actores: Mathew Pidgeon; Jeremy Northam; Nigel Hawthorne

Música: Alaric Jans

Duração: 104 min.

Ano: 1999

David Mamet é mais conhecido como argumentista, por exemplo de “Os intocáveis” do que como realizador, o que faz com que os seus filmes sejam caracterizados por excelentes diálogos, frases com sentido e vários sentidos e neste caso, ao estilo do mais puro toque britânico. Em “O caso Winslow”, David Mamet descreve uma situação familiar que se repete de geração em geração: podem os pais confiar nos filhos? A acção decorre em finais do séc. XIX e começa com um pai a quem é pedida a mão de sua filha em casamento. Com o desenrolar da cena, vamos conhecendo a história dessa família, a sua posição social, o tipo de pessoas que a compõem e os seus projectos de futuro. Tudo se altera com a chegada intempestiva e sem aviso do filho mais novo. Estudava num colégio interno e fora expulso. Declara-se inocente mas seria verdade? Em quem confiar? O enredo ganha força, mostrando um pai a tentar defender a todo o custo a honra do filho e a respeitabilidade da família. A cena em que procuram a ajuda de um advogado e os métodos que este utiliza para testar a inocência do pequeno, é digna de um “case study” sobre negociação. Até ao final do filme, assistimos às várias dificuldades e vicissitudes pela que tem de passar toda a família para defender a honra do rapaz, desde o dinheiro gasto, o tempo perdido, os mexericos dos conhecidos, os projectos adiados, até a incompreensão dos amigos para quem uma questão de honra poderia não ser levada tão a sério…

David Mamet fez um filme interessante, chamando a atenção para temas que, na família ou nos negócios, se repetem nas vidas de todos os tempos!

Tópicos de análise:

1. O apoio da família nas contrariedades.

2. Como valorizar monetariamente a “honra” ou a “verdade”?

3. O factor confiança nas relações pessoais.

4. Tácticas de negociação.

5. Enfrentar a injustiça: desespero ou desafio?

6. O que é uma vida “bem sucedida”?.

Encontra aqui uma curta apresentação de algumas dezenas de filmes, contendo os dados principais de cada um deles, um resumo e alguns tópicos de análise. Não se trata de filmes aconselhados por nós, mas apenas de algumas ideias que podem ajudar a escolher um filme ou a tirar partido dele do ponto de vista educativo.

Colaboração de Paulo Martins, Mestre em História e doutorando em Cinema.