Cinderella man

Realizador: Ron Howard

Actores: Russell Crowe; Renée Zellweger

Música: Thomas Newman

Duração: 143 min.

Ano: 2005

Um filme baseado na história verídica do jogador de boxe J. Braddock. Campeão no final da década de vinte, fica arruinado no “crash” da bolsa de 1929. Com família para sustentar, procura emprego nos mais variados locais… mas a vida não era fácil para um irlandês nos EUA. Um dia vai ter com o seu antigo treinador. Pede-lhe que arranje um combate. Quer voltar ao ringue para ganhar dinheiro fazendo o que melhor sabia: boxe. O treinador hesita. O seu antigo campeão está em más condições físicas. Uma das suas mãos até está partida… mas por fim agenda um encontro. O desastre é total! O público revolta-se. Tudo parecera uma farsa. A Federação de Boxe retira-lhe as licenças e impede-o de continuar a combater.

A miséria abate-se sobre ele e a família. De vez em quando consegue trabalho nas docas do porto. Vai ganhando forças e o exercício físico torna-se habitual. Mas, em casa, o ambiente deteriora-se. Precisa de dinheiro urgentemente. Vai ter com os antigos responsáveis pela sua carreira como “boxeur” e pede-lhes esmola. A situação fica resolvida momentaneamente… mas o horizonte perspectivável é negativo.

O seu treinador apresenta-lhe a proposta de combater de imprevisto, como substituto de um jogador que não pudera comparecer. Mesmo perdendo não havia problema. Como era só um combate não precisaria das licenças da Federação. E o resultado é uma vitória. O treinador torna a ver nele um potencial campeão! Sente-lhe grande motivação. Vai falar com os responsáveis. Pede-lhes que autorizem o seu jogador a combater novamente. Num diálogo magistral, compreende-se rapidamente que o desporto é um negócio, mais do que uma simples competição…

Os combates sucedem-se e J. Braddock vai vencendo. Está imparável. As multidões vêm nele um ícone, um símbolo da capacidade de ultrapassar o círculo vicioso da miséria. No último combate, torna-se campeão contra todas as expectativas, perante um poderoso adversário. Mas, apesar de tudo, vence! Nesse decisivo encontro, é claro de onde lhe vinham as forças, a motivação e a inspiração. A vitória é celebrada por todos, mas para o treinador tem um sabor especial, pois ele era muito mais que um simples técnico… e esse foi um dos segredos do sucesso!

Tópicos de análise:

1. A motivação é o verdadeiro motor da acção pessoal.

2. A confiança dentro da equipa é essencial para o êxito.

3. As dificuldades como fontes de novas oportunidades.

4. O êxito do “coach” está na preocupação pela pessoa e não apenas pelo projecto.

Encontra aqui uma curta apresentação de algumas dezenas de filmes, contendo os dados principais de cada um deles, um resumo e alguns tópicos de análise. Não se trata de filmes aconselhados por nós, mas apenas de algumas ideias que podem ajudar a escolher um filme ou a tirar partido dele do ponto de vista educativo.

Colaboração de Paulo Martins, Mestre em História e doutorando em Cinema.